Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Morta em casa há 9 anos

O corpo de Augusta Duarte Martinho, que completava 96 anos no próximo dia 12, esteve nove anos no chão da cozinha do apartamento onde residia sozinha, na Rinchoa, Rio de Mouro, em Sintra.

 A PSP encontrou Augusta Duarte Martinho morta depois do andar ter sido vendido em leilão pelas Finanças. A nova proprietária, 58 anos, que comprou o apartamento por 30 mil euros há três meses, e entrava ontem pela primeira vez na casa, ficou em estado de choque.

Em Novembro de 2002, o desaparecimento já tinha sido participado à GNR por uma vizinha chamada Aida Martins que deixou de ver Augusta em Agosto de esse ano. A única companhia da idosa era um cão pequeno que foi encontrado morto na varanda da habitação.

Adaptado : Correio da manhã , 09/02/2011

Sem comentários:

Enviar um comentário