Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Pai e filho detidos por suspeitas de tráfico de armas

A GNR deteve dois homens, pai e filho, no Sabugal por suspeitas de tráfico de armas. Aos indivíduos foram apreendidas oito armas e mais de uma centena de munições, além de droga.
Pai e filho "andavam a ser investigados desde o início do ano por suspeitas de envolvimento no tráfico de armas", disse ao DN fonte da GNR. Na manhã de ontem, efectivos do Núcleo de Investigação Criminal de Vilar Formoso efectuaram uma busca à casa dos suspeitos, onde encontram cinco espingardas e três pistolas. As armas, quatro caçadeiras 12 mm, uma pistola 6,35 mm, duas pistolas de alarme transformadas e uma espingarda de ar comprimido "estavam em situação ilegal e há indícios de que fossem para vender a terceiros", adiantou a GNR.
Sobre os dois homens recaem ainda suspeitas da autoria de "várias ameaças, com disparos, feitas aos vizinhos". Na residência dos dois homens, um empreiteiro de 51 anos e um desempregado de 28, a GNR apreendeu ainda 185 munições, haxixe e cannabis.
No espaço de quatro dias, esta foi a segunda apreensão de armas no concelho do Sabugal. Na sexta-feira, a GNR apreendeu a um reformado, de 75 anos, uma carabina e nove caçadeiras.


In Diário de Notícias, 14/12/2010

Ourivesaria assaltada à mão armada no centro de Lisboa

 
Uma ourivesaria foi ontem de manhã assaltada à mão armada por três homens, em pleno centro de Lisboa, junto ao Marquês de Pombal, na Avenida Fontes Pereira de Melo.
Os proprietários da ourivesaria Gioia estavam no seu interior quando os assaltantes entraram. Os homens de armas na mão, que segundo testemunhas, tinham pronúncia brasileira, apontaram uma arma de fogo ao proprietário.
Segundos antes, tinham passado com uma carrinha Citroën Jumper branca pelo parque de acesso ao Hotel Sana, mesmo ao lado do local do roubo.
(...)
Ontem, com os donos da ourivesaria controlados sob a mira de uma arma, os ladrões abriram a montra principal pelo lado de dentro com uma marretada no fecho de segurança. Retiraram só as jóias que lhes interessavam. A carrinha estacionada no exterior serviu como cobertura para o assalto.
Com as jóias metidas dentro de um saco fugiram do local a pé. Deixaram a carrinha furtada no local. As autoridades policiais suspeitam que possa existir um segundo carro de fuga à espera dos assaltantes.
A ourivesaria Gioia, conhecida por ter entre os clientes alguns políticos portugueses e hóspedes de luxo do hotel, está dotada de sistema de videovigilância. As imagens foram levantadas por elementos do Laboratório da Polícia Científica (LPC) que estiveram ontem no local a recolher vestígios. A carrinha dos assaltantes também foi rebocada para ser analisada.
Com a cotação do ouro em alta, os assaltos a ourivesarias têm aumentado muito nos últimos meses, com os roubos violentos a deixarem os ourives alarmados.


                                   

Adaptado Diário de Notícias,15/12/2010, Luis Fontes

O roubo terá sido planeado com antecedência. Dono sentia-se vigiado pelos ladrões.

Homem baleado no peito em discussão no metro de Lisboa

 
Três individuos envolveram-se, cerca de 22.30 horas de ontem , terça feira, em confrontos na estação  de metro de Arroios, em Lisboa. Um dos homens foi baleado no peito e ficou ferido com gravidade.
Os individuos desentenderam-se ainda no cais da estação, tendo entrado para o interior da composição do metro na estação de Arroios. Na discussão, entre dois homens brasileiros e um homem de etnia africana , um dos brasileiros puxou de uma arma e atingiu o africano com um tiro no peito, disse ao JN fonte de Comando Metropolitano de Lisboa.
O metro parou na estação dos Anjos e os brasileiros puseram-se um fuga. O ferido de 27 anos, foi transportado para o Hospital de São José, em estado grave.
A circulação na linha verde do metro de Lisboa esteve interrompida, devido aos incidentes, até à 1 da manhã, hora a que fecha ao público.
A PSP tomou conta da ocorrência e, á 1 da madrugada a PSP estava, ainda no local a recolher vestígios.
 
 In jornal de Notícias 17/1172010, Augusto Correia

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Causas da criminalidade

         São muitas e variadas as causas para a criminalidade, aqui se encontram algumas dessas causas:

  • Elevada taxa de desemprego devido à crise que se abateu sobre Portugal que levou à pobreza e que leva as pessoas a praticar actos criminosos cada vez mais para arranjar dinehiro para sobreviver e pagar dívidas.

  • Relações familiares conflituosas e os valores que são transmitidos influenciam por vezes o modo como a pessoa age. Uma pessoa habituada a assistir e por vezes a ser envolvida em situações de conflito torna-se mais receptível á violência.

  • Relações  com os amigos e colegas pouco saudáveis(chamadas as más influências) e o Bullying são as principais causas das atitudes criminosas praticadas pelos jovens.

  • Diferenças étnicas e culturais, a cor da pele, as diferentes opiniões, os diferentes valores, entre muitas outras coisas por vezes servem de pretexto para uma atitude violenta ou para actos criminosos.

Medidas a tomar para prevenir a criminalidade

Existem várias medidas que podem ser tomadas pela população para ajudar a diminuir a criminalidade, em vários aspectos, como por exemplo:

  1. Prevenir crimes em residências:
  • Antes de sair de casa  e durante a noite verifique que fechou as portas e as janelas correctamente;
  • Só abrir a porta após a identificação prévia da pessoa;
  • Se tiver garagens mantenha a porta sempre fechada;
  • Se se ausentar não deixe recados nas portas e janelas;
  • Comprovar referências profissionais em serviços domésticos, como por exemplo: canalizadores, electrisistas, entre outros;
                                                                                                            
     2. Prevenir crimes na via públicae em veículos:
  • Sempre que possivel, viaje durante o dia;
  • Evitar parar ou passar em lugares com pouca gente ;
  • Não sair do veiculo ao ocorrerem situações pouco habituais;
  • Não passar por matas e becos;
  • Não andar com objectos de valor à vista;

      3. Prevenir nas crianças
  • Não aceitar boleias de estranhos;
  • Não dar informações a estranhos e evitar a aproximação de pessoas que digam ser amigos da familia;
  • Não levar objectos de valor para a escola;
  • Não aceitar objectos de pessoas estranhas;
  • Andar com companhias conhecidas;

Mas existem também medidas a serem tomadas pelo governo e pela polícia, por exemplo:

  • Construir mais prisoes;
  • Construção de casas de correcção para adolescentes;
  • Reduzir a anulação de penas devido ao bom comportamento;
  • Maior patrulha policial nocturna e diurna;
  • Prisão imediata a crimes como furto e carjacking.




     

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Tipos de crime

São vários os tipos de crime:

  • Crime organizado: É um crime que tem um ou mais cérebros, que elaboram projectos de ataque, aos quais todos os elementos do grupo obdecem, comentendo todo o tipo de crime ( tráfico de droga, tráfico de armas, trafico de pessoas, assaltos à mão armada,entre outros).

  • Crime de colarinho branco: É todo o crime de corrupção, tráfico de influência, lavagem de dinheiro, favorecimento pessoal, abuso de poder, entre outros.

  • Crime de pedófilia: São crimes como o abuso sexual de menores, incesto, entre outros.

  • Crime juvenil: É o crime cometido por jovens, (por vezes comandados por adultos)que praticam assaltos e maltratam pessoas na via pública e colegas da escola, assim como professores.

  •  Crime individual: É o crime cometido na família, (Violência domestica, abandono dos filhos, pequenos assaltos).

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

O que é o crime?

  • Crime, em termos jurídicos, é toda a conduta típica, antijurídica- ou ilícita- e culpável, praticada por um ser humano.

  • Num sentido vulgar, crime é um acto que viola uma norma moral.

  • Num sentido formal, crime é uma violação da lei penal e incriminadora.

  • No conceito material, crime é uma acção ou omissão que se proíbe e se procura evitar, ameaçando-a com pena, porque constitui ofensa(dano ou perigo) a um bem jurídico individual ou colectivo.

  • Como conceito analítico, crime é a acção ou omissão típica, ilícita e culpável.



quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Apresentação do blog

Este blog foi feito pela Domingas, Daniela , Tânia e Ana.
Somos um grupo de alunas do Agrupamento de Escolas de Álvaro Velho da turma F do 9º ano.
Neste blog vamos falar acerca de criminalidade na sociedade , com o objectivo de alertar as pessoas .